Simples nacional mei curso prof loberto sasaki

Simples Nacional e MEI

Simples nacional mei curso loberto sasaki 06
8 vídeos
1 texto
33 horas

Descrição do curso

Curso prático de regime tributário das ME e EPP e regime tributário do MEI. Escriturações exigidas pela legislação tributária.

Categoria: Simples Nacional e MEI


Curso: Simples Nacional e MEI
Professor: Loberto Sasaki
Investimento: De R$ 549,00 Por R$ 249,00
Com mais de 55% de desconto no pagamento à vista, você economizará R$ 300,00.
Desconto por tempo limitado. Aproveite!
Pode ser parcelado em até 10x. No parcelamento, será acrecido da taxa de juros da operadora do cartão.
Curso ead online em videoaulas
Prazo de acesso:
 90 dias.
Carga horária: 33 horas/aula. (33 horas de duração em vídeo)
Material: Livro digital em formato PDF. Contendo teoria e exercícios para baixar e imprimir.
Fórum de dúvidas: Aberto. Você poderá com os seus colegas de curso discutir e esclarecer dúvidas a respeito do curso.
Certificado: O certificado é emitido ao final do curso, desde que cumprido o requisito mínimo de 75% de aproveitamento do curso..
Aula gratuita: assista aqui.
Nota: Este curso não oferece pontos no Programa de Educação Profissional Continuada | EPC.

Informações gerais

Conteúdo
  • Capítulo I
  • 1. Noções de Direito Tributário e de Direito Empresarial.
  • 2. Inscrições Fiscais.
  • 2.1. A competência tributária dos principais impostos.
  • 2.2. Inscrição Federal.
  • 2.3. Inscrição Estadual.
  • 2.4. Inscrição Municipal.
  • 2.5. Inscrição Distrital.
  • 3. Profissional autônomo.
  • 3.1. Requisitos.
  • 3.2. Autônomo Estabelecido.
  • 3.3. Autônomo não Estabelecido.
  • 4. Empresas.
  • 4.1. Empresário Individual.
  • 4.2. Empresário Individual de Responsabilidade Limitada - EIRELI.
  • 4.3. Sociedades Empresárias.
  • 4.4. Sociedade Simples.
  • 5. Constituição de uma empresa.
  • 5.1. Instrumentos Constitutivos.
  • 5.2. Procedimentos de Constituição de uma empresa.
  • 6. Sociedade Limitada Ltda.
  • 6.1. Instrumento Constitutivo.
  • 6.2. Responsabilidade dos Sócios.
  • 6.3. Nome da Sociedade.
  • 6.4. Administração.
  • 7. Empresa Individual de Responsabilidade Limitada.
  • 8. Sociedade Anônima ou companhia.
  • 8.1. Instrumento Constitutivo.
  • 8.2. Divisão e Representação do Capital.
  • 8.3. Nome da Sociedade.
  • 8.4. Tipos de Sociedades Anônimas.
  • 8.5. Estrutura Legal de uma S/A.
  • Capítulo II
  • 9. Introdução à Legislação Tributária das Pessoas Jurídicas.
  • 10. Regimes Tributários.
  • 11. Simples Nacional.
  • 12. Antigos Regimes de Tributação.
  • 12.1. Lucro Presumido.
  • 12.2. Lucro Real.
  • 12.3. Lucro Arbitrado.
  • 13. Escriturações exigidas pela Legislação Tributária.
  • 13.1. Simples Nacional e Lucro Presumido.
  • 13.2. Lucro Real.
  • 14. Tributação segundo a Constituição Federal.
  • 15. Escrituração exigida pela legislação comercial.
  • 16. Exemplos de apuração.
  • 16.1. Simples Nacional.
  • 16.2. Lucro Presumido.
  • Capítulo III
  • Simples Nacional
  • 17. Simples Nacional
  • 18. Breve histórico do Simples.
  • 18.1. Introdução.
  • 18.2. Definição de Microempresa e Empresa de Pequeno Porte.
  • 18.3. Opção pelo Simples Nacional.
  • 18.4. Opção pelo Simples Nacional para ME e EPP em início de Atividade.
  • 18.5. Benefícios Concedidos aos Contribuintes optantes do Simples Nacional.
  • 18.6. Impostos e Contribuições Abrangidos pelo Simples Nacional.
  • 18.7. Impostos e Contribuições Não Abrangidos pelo Simples Nacional.
  • 18.8. Pessoas Jurídicas e Atividades Vedadas à Opção pelo Simples Nacional.
  • 18.9. Atividades de Prestação de Serviços Exercidas pelas ME e EPP que não impedem a opção pelo Simples Nacional
  • 18.10. Conceito de Receita Bruta.
  • 18.11. Os limites da Receita Bruta para enquadramento como empresa de Pequeno Porte poderão ser diferenciados por Estados e Municípios.
  • 18.12. Sublimites de Receita Bruta Anual.
  • 18.13. Base de Cálculo.
  • 18.14. Reconhecimento da Receita Bruta pelo Regime de Caixa ou Competência.
  • 18.15. Alíquotas e Tabelas do Simples Nacional.
  • 18.16. Alíquotas Aplicáveis conforme os Anexos.
  • 18.17. Anexos.
  • 18.18. Apuração do Ganho de Capital.
  • 18.19. Distribuição de Lucros.
  • 18.20. Livros Fiscais e Contábeis Obrigatórios para as ME e EPP.
  • 18.21. Exercícios para Fixação (Simples Nacional).
  • 18.22. Retenções Permitidas.
  • Capítulo IV
  • MEI – Microempreendedor Individual
  • 1. O que é Microempreendedor Individual?
  • 2. Qual a Lei que instituiu o Microempreendedor Individual?
  • 3. A partir de quando entrou em vigor a legislação sobre o mei?
  • 4. Como e onde formalizar o MEI?
  • 5. Quanto prazo para a formalização?
  • 6. Aonde buscar orientações para a inscrição, registro e enquadramento do MEI?
  • 7. Caso algum escritório de contabilidade recusar-se a prestar atendimento, aonde reclamar?
  • 8. A formalização pode ser a qualquer tempo?
  • 9. Qual o custo para a formalização?
  • 10. Como pago os valores desse custo?
  • 11. Qual será o procedimento em caso de atraso nos pagamentos dos impostos?
  • 12. Como proceder para se ter direito à aposentadoria por tempo de contribuição?
  • 13. MEI que trabalhe também para empresa, como empregado ou contribuinte individual
  • 14. Que outras obrigações o MEI tem com a Receita Federal, Secretaria da Fazenda do Estado e Secretaria de Finanças do Município?
  • 15. Que atividades pode ser enquadradas como MEI?
  • 16. Qual o limite da receita bruta anual do MEI?
  • 17. Se a pessoa estiver enquadrada na lei do MEI o estourar a cota de R$ 60000,00 anual o que ocorre?
  • 18. Poderá o MEI trabalhar em sua residência?
  • 19. O MEI é obrigado a emitir nota fiscal?
  • 20. Como funciona o sistema para o ambulante que na rua?
  • 21. O MEI está obrigado à uma contabilidade?
  • 22. Quais os benefícios da formalização?
  • 23. O MEI pode contratar empregado?
  • 24. Qual o custo do MEI pela contratação de empregado?
  • 25. Em qualquer caso é preciso fazer a guia do FGTS e informação à previdência?
  • 26. O MEI pode prestar serviços à outras empresas?
  • 27. Como fica a situação alvará de funcionamento e do cumprimento de posturas municipais?
  • 28. Gostaria de impugnar a impossibilidade de adesão do SIMEI, o ato de indeferimento é da competência de qual ente?
  • 29. Anexo XIII da Resolução CGSN nº 94, de 29/11/2011 – Códigos CNAE permitidos para opção pelo SIMEI.
  • 30. Distribuição de lucro.
  • 31. Declaração do MEI.
Objetivo

Capacitar o profissional a dominar os regimes tributários e a promover consultarias seguras de matérias correlatas aos Microempresários individuais, bem como às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. O treinamento abrange, inclusive, noções de Direito Empresarial em aspectos como, por exemplo, profissional autônomo, sociedades empresárias, sociedades simples, empresa individual de responsabilidade limitada (EIRELI), sociedade unipessoal de advocacia, sociedade limitada.

Público alvo

Atende a todos os estudantes do curso de graduação em Ciências Contábeis, aos iniciantes na profissão e aos profissionais atuantes que desejem atualizar e/ou aperfeiçoar conhecimentos.

Metodologia

Aulas expositivas com uso de quadro branco e pincel. O curso é online por meio de videoaulas. Toda teoria estudada é imediatamente aplicada, assunto por assunto, por meio de exercícios para fixação e questões objetivas.

Os conteúdos técnicos e legais pertinentes são ensinados dentro de um contexto realista trazido do cotidiano de uma empresa. 

O que você vai aprender

Professores


Atuou no mercado como Contador, Auditor e Perito Contábil. Foi consultor e escritor de boletins de empresas especializadas nas áreas Contábil, Comercial, Trabalhista e Tributária. Teve como primeiro emprego professor de Cursos Práticos de Contabilidade, profissão que abraçou e nunca parou. Foi professor universitário nos cursos de graduação e pós-graduação na área contábil. É palestrante em diversos congressos, eventos contábeis e áreas afins.

Comece agora